shutterstock_1060342241

Conheça a importância de um fisioterapeuta

FAPCE.

Você já sentiu dores no pulso depois de passar horas digitando no computador, ou precisou se alongar para melhorar a postura no trabalho? Esses são cenários com intensa  participação da Fisioterapia. O fisioterapeuta trabalha para melhorar o bem-estar das pessoas através de técnicas posturais e fisiológicas.

Isso significa que esse profissional pode ajudá-lo a relaxar os músculos com uma massagem, eliminar a dor nas costas com o tratamento com RPG e até ajudar alguém a voltar após um acidente. Esta é uma profissão de contato direto com pessoas que valorizam ter uma boa qualidade de vida. Portanto, continue acompanhando este artigo para compreender a importância da fisioterapia e conhecer um pouco mais sobre essa área. Confira!

Conheça a profissão do fisioterapeuta

O fisioterapeuta é o profissional que concluiu a faculdade de Fisioterapia e está registrado no CREFITO (Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional). Ele atuará em contato com o paciente para tratar e prevenir lesões, sejam causadas por acidentes, doenças ou vícios de postura.

Há uma variedade de áreas em que o profissional pode trabalhar, começando no campo esportivo, ajudando aquele jogador que sofre uma lesão durante a partida, passando pelo trabalho com neurologia, diretamente ligada a pessoas com derrame ou paralisia. Há também quem pratique acupuntura, pilates, massagem etc.

Independentemente do ramo escolhido, o fisioterapeuta está sempre procurando fazer com que o paciente tenha uma vida saudável, trabalhando nos vários aspectos do corpo.

Entenda por que a Fisioterapia é importante

O tratamento com um fisioterapeuta é indicado em vários casos, seja para tratar uma LER (Lesão por Esforço Repetitivo) ou em pacientes que acabaram de operar para ajudar a recuperar os órgãos e cicatrizes que podem atrapalhar o movimento. Geralmente, o tratamento surte  efeito a longo prazo, onde o paciente sentirá a melhora física de forma gradual.

A fisioterapia traz técnicas específicas que ajudarão as pessoas a ter uma recuperação motora eficaz e sem prejudicar nenhum outro aspecto do corpo. Além disso, a área é importante na prevenção de problemas.

A ginástica laboral, por exemplo, é um tipo de fisioterapia preventiva e consiste em uma série de exercícios realizados no trabalho para melhorar a saúde de funcionários. Essas atividades são uma forma de prevenir o surgimento de doenças ocupacionais, como problemas nas costas, ombros, entre outras.

Confira um pouco sobre o curso de Fisioterapia

A graduação em Fisioterapia é bacharelado e tem uma duração média de cinco anos. Ao longo da formação, o estudante assiste aulas teóricas e práticas. O estágio está inserido no currículo desde os primeiros semestres, o que proporciona contato direto com a área profissional, ainda na faculdade.

A atuação do fisioterapeuta se destaca por ajudar os outros. Está presente quando um esportista se recupera de uma lesão, quando se  pratica pilates e evita um problema nas costas ou mesmo quando um paciente se trata para fortalecer um músculo. Estes são apenas alguns exemplos da importância de uma formação em fisioterapia para tornar a vida de cada pessoa mais saudável e feliz. 

Agora que você já sabe da importância do fisioterapeuta, descubra o que se estuda no curso de Fisioterapia!

Quero saber o que se estuda em Fisioterapia!

Mais Posts